Marcas de sucesso no passado lutam para sobreviver

DE VOLTA AO PASSADO:

O tradicional cubo de pasta de amendoím, cuja receita é desconhecida e por isso impossível de reproduzir, foi fabricado dos anos 1950 aos 1980 pela empresa Dizioli. Hoje, é produzido pela Bono Gusto Indústria e Terceirização de Alimentos Ltda - EPP. O formato continua o mesmo e o produto continua com seguidores fiéis

DadinhoO tradicional cubo de pasta de amendoím, cuja receita é desconhecida e por isso impossível de reproduzir, foi fabricado dos anos 1950 aos 1980 pela empresa Dizioli. Hoje, é produzido pela Bono Gusto Indústria e Terceirização de Alimentos Ltda – EPP. O formato continua o mesmo e o produto continua com seguidores fiéis

Há dez anos, todos nós poderíamos ter comprado a empresa fundada por Celeste Milani em 1955 no bairro paulistano da Mooca. A empresa toda valia menos do que uma única garrafa do produto que vendia. Com dívidas de mais de 25 milhões de reais, foi vendida por um real. Porém, a forte concorrência de produtos tidos como mais saudáveis levou à interrupção da produção, em 2010

Groselha MilaniHá dez anos, todos nós poderíamos ter comprado a empresa fundada por Celeste Milani em 1955 no bairro paulistano da Mooca. A empresa toda valia menos do que uma única garrafa do produto que vendia. Com dívidas de mais de 25 milhões de reais, foi vendida por um real. Porém, a forte concorrência de produtos tidos como mais saudáveis levou à interrupção da produção, em 2010

Quando os salgadinhos chips ainda não eram comercializados no Brasil, o Madiopã apareceu como uma guloseima que logo caiu no gosto dos consumidores. Fundada pelo Sr. Antônio Gomercindo em 1954, a fábrica ainda existe em Limeira, no interior de São Paulo. Além dos pontos de venda, o Mandiopã e suas variáveis de sabores são encontrados hoje no e-commerce da marca

MandiopãQuando os salgadinhos chips ainda não eram comercializados no Brasil, o Madiopã apareceu como uma guloseima que logo caiu no gosto dos consumidores. Fundada pelo Sr. Antônio Gomercindo em 1954, a fábrica ainda existe em Limeira, no interior de São Paulo. Além dos pontos de venda, o Mandiopã e suas variáveis de sabores são encontrados hoje no e-commerce da marca

A marca foi adquirida no início dos anos 2000 pela empresa têxtil Marissiol, com sede em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Como recebia pouco reconhecimento desde os anos 1990, quando quase faliu, não houve uma procura significativa pelo sistema de expansão por franquias proposto pela Pakalolo

PakaloloA marca foi adquirida no início dos anos 2000 pela empresa têxtil Marissiol, com sede em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Como recebia pouco reconhecimento desde os anos 1990, quando quase faliu, não houve uma procura significativa pelo sistema de expansão por franquias proposto pela Pakalolo

Sucesso absoluto entre crianças, que recebiam o calçado de brinde em provas no programa Domingo no Parque, apresentado por Silvio Santos nos anos 1980, os tênis Montreal continuam sendo fabricados. A marca foi vendida e sua produção passou de São Paulo para nova Serrana, em Minas Gerais

Tênis MontrealSucesso absoluto entre crianças, que recebiam o calçado de brinde em provas no programa Domingo no Parque, apresentado por Silvio Santos nos anos 1980, os tênis Montreal continuam sendo fabricados. A marca foi vendida e sua produção passou de São Paulo para nova Serrana, em Minas Gerais

A Camisaria Varca, primeira e por década e décadas a única especializada em modelagem especial (até o manequim 80), hoje sofre com uma trinca de fatores que ameaça sua sobrevivência: a concorrência interna, o preconceito com a marca e o exército de brasileiros que se habituou a renovar o armário anualmente nos Estados Unidos

Camisaria VarcaA Camisaria Varca, primeira e por década e décadas a única especializada em modelagem especial (até o manequim 80), hoje sofre com uma trinca de fatores que ameaça sua sobrevivência: a concorrência interna, o preconceito com a marca e o exército de brasileiros que se habituou a renovar o armário anualmente nos Estados Unidos
A família Gomes assumiu o negócio e levou a Parahyba para a liderança da categoria, exportando para o mundo e colocando a marca no imaginário do brasileiro com a mítica propaganda que na década de 1950 anunciava que “já é hora de dormir, não espere a mamãe mandar, bom sorriso pra você e um alegre despertar”. A invasão dos produtos chineses fez com que a Parahyba perdesse espaço e a empresa decretou concordata em 1980. Da antiga fábrica, sobraram 2 mil metros quadrados da construção, onde 80 funcionários tocam uma cooperativa criada para também amortizar as pendências trabalhistas da empresa. 

Cobertores ParahybaA família Gomes assumiu o negócio e levou a Parahyba para a liderança da categoria, exportando para o mundo e colocando a marca no imaginário do brasileiro com a mítica propaganda que na década de 1950 anunciava que “já é hora de dormir, não espere a mamãe mandar, bom sorriso pra você e um alegre despertar”. A invasão dos produtos chineses fez com que a Parahyba perdesse espaço e a empresa decretou concordata em 1980. Da antiga fábrica, sobraram 2 mil metros quadrados da construção, onde 80 funcionários tocam uma cooperativa criada para também amortizar as pendências trabalhistas da empresa.
FONTE: ESTADÃO; http://fotos.estadao.com.br/galerias/,marcas-de-sucesso-no-passado-lutam-para-sobreviver,15430?startSlide=0&f=0

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!